A jornalista Ariadne Quintella lança a “Antologia em prosa e verso”

>> Leia as 20 primeiras páginas do livro: CLIQUE AQUI

>> Compre o livro no site da Livraria Varejão do Estudante: https://www.varejao.com.br/Livro/1039052/ANTOLOGIA-EM-PROSA-E-VERSO
(Av. Manoel Borba, 292, Boa Vista, Recife-PE. Tel.: 81. 2123.5800)

>> Link para Live no dia 28 de agosto, às 20h: meet.google.com/eho-fyot-phx

A obra reúne contos, crônicas, artigos, perfis, poemas e críticas literárias de autoria de Ariadne Quintella com depoimentos dos escritores: Ângelo Monteiro, Antônia Campos, Cássio Cavalcante, Lourdes Sarmento, Maluma Marques, Zélia Monte, entre outros. “Nesse livro antologia, são destacados, ainda, pela autora o turismo, o memorialismo, patrimônios pernambucanos, os ciclos junino, carnavalesco e natalino, além de análises críticas e outras produções de acentuado tom biográfico e social”, ressalta a organizadora da obra, Lourdes Nicácio. No final do livro, há uma valiosa memória fotográfica com imagens da autora na infância, ao lado de familiares e amigos; eventos literários e registros do  último lançamento do seu livro ‘Boa tarde (Crônicas Escolhidas)”.

“O trato jornalístico com as circunstâncias que costumam envolver as coisas do nosso dia a dia, Ariadne Quintella, por meio do saudoso Diário da Noite, fez de sua crônica cotidiana, sob o título de Boa tarde”, afirmou o poeta e membro da Academia Pernambucana de Letras, Ângelo Monteiro, ao se referir à coluna “BOA TARDE” assinada por Ariadne Quintella, no Jornal Diário da Noite, entre os anos de 1965 a 1977. Ariadne Quintella é pernambucana, formada em Jornalismo e Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), pós-graduação em Literatura Brasileira e Artes pela Universo e em Diplomacia pela Faculdade Damas, com vários cursos de extensão. Com mais de 40 anos de profissão, Ariadne foi, por muitos anos, no Jornal Diário da Noite, repórter, pauteira, colunista, cronista, redatora e editora, inclusive tendo exercido a Editoria Geral desse veículo. Depois no Jornal do Commercio (JC), foi redatora e editora de Turismo.

Atuou no Movimento de Cultura Popular, foi professora, empregada da Sudene. Trabalhou nos jornais da Semana, da Cidade e Diario de Pernambuco, revistas Veja e Realidade. Foi chefe do Setor de Imprensa da Fundação Joaquim Nabuco. Atualmente, trabalha como revisora na Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). É membro da União Brasileira de Escritores (UBE/PE), da Academia Recifense de Letras, Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro, Academia de Letras do Brasil, Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (AJEB-PE), entre outras instituições.

Deixe uma resposta