Live com a escritora e editora, Lourdes Nicácio

No próximo sábado, dia 27 de fevereiro, às 15h, no Canal “ARTE AGORA” do YouTube, a escritora, professora e editora das Edições Novo Horizonte, Lourdes Nicácio, será entrevistada pelo escritor Alexandre Santos com o tema: “A obra literária e editorial de Lourdes Nicácio”. Segue o link do Canal do YouTube em que acontecerá a Live: https://www.youtube.com/channel/UCxwPjGzu4in4c6W-ny0On5g Lourdes Nicácio é professora, escritora, poeta, editora. Formação em Letras com pós-graduação. Seus livros, estudados nas escolas e universidades, renderam prêmios em Pernambuco e no Rio de Janeiro, homenagens e atividades como peças de teatro na Faculdade São Miguel e monografia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além de Troféu no I Congresso de Literatura Brasileira/Secretaria de Educação de Pernambuco.  Foi homenageada pela Associação de Imprensa de Pernambuco com o Diploma Mulheres que Mudaram a História de Pernambuco e em 2015, com o Troféu Mulher Valorosa do Brasil pela Academia de Letras e Artes do Nordeste – Alagoas.

Livros publicados: “O Lavrador e o Templo” (poesia), “Cantos da Ordem do Sol” (poesia), “Ritmo das Águas Vivas” (poesia), “Ocultos na Paisagem” (poesia), “Almeida Cunha” (ensaio), “O Rio, Canabrava e os Homens” (contos), “Os caminhos da Palavra” (gramática e literatura), “Sobreviventes” (contos), “Caminhos das Águas ao Sol” (poesia) e “Os dois mundos  de  Madalena”, romance adotado pela Rede Pública de Pernambuco/ Secretaria de Educação do Estado. Organizou a obra completa do poeta Audálio Alves e a do professor João Suassuna de Melo Sobrinho, além de várias antologias com outros autores como “Antologia das Águas”, “Lendas do Nordeste”, “Planeta feito Quintal”, “Paisagens da Memória”, entre outras.

Votos de Congratulações: da Assembleia Legislativa de Pernambuco, do Conselho Municipal de Cultura e da Academia Pernambucana de Letras. Idealizou e coordenou, em parceria com a acadêmica Maria do Carmo Barreto Campello de Melo,  o Programa  Academia Escolas da Academia Pernambucana de Letras (1982-1990).

Deixe uma resposta