Tudo sobre investimentos

Ação Adversa

O que é uma ação adversa?

Em finanças, o termo ação adversa refere-se a um tipo de aviso dado por um credor quando o pedido de crédito de um mutuário foi negado. Normalmente são entregues no prazo de sete a 10 dias úteis após a decisão de indeferimento do pedido de empréstimo, geralmente por escrito, embora também possam ser comunicados verbalmente. Os bancos e outros credores são obrigados a fornecer avisos de ação adversa para cumprir a legislação de proteção ao consumidor.

Principais conclusões

  • Um aviso de ação adversa destina-se a informar os mutuários sobre os motivos pelos quais seu pedido de empréstimo foi rejeitado.
  • Ele contém informações sobre as causas da rejeição, bem como os processos em vigor para resolver disputas.
  • Os mutuários que recebem avisos de ação adversa têm direito a um relatório de crédito gratuito se solicitado dentro de 60 dias do recebimento do aviso. Os credores estão proibidos de considerar fatores demográficos ou pessoais, como raça, etnia, gênero ou orientação sexual do mutuário, ao decidir se aceitam ou rejeitam seu pedido de empréstimo.

Entendendo as ações adversas

O objetivo de um aviso de ação adversa é informar aos possíveis mutuários que seu pedido de empréstimo foi negado, além de fornecer informações sobre quais fatores influenciaram essa decisão. Ao mesmo tempo, ações adversas são incluídas no relatório de crédito do mutuário e podem, portanto, impactar negativamente o mutuário em pedidos de empréstimo subsequentes.

Normalmente, os fatores citados em uma nota de ação adversa relacionam-se a um histórico de crédito ruim, conforme revelado no relatório de crédito do mutuário, como a não realização de pagamentos da dívida de maneira integral ou pontual. Em casos raros, no entanto, um pedido pode ser negado devido ao roubo de identidade.

Não importa o motivo da recusa, os avisos de ação adversa podem ajudar os solicitantes de empréstimos a entender melhor o que precisam fazer para melhorar ou reparar sua capacidade de crédito. Se o mutuário acredita que a recusa foi devido a informações imprecisas extraídas de seu relatório de crédito, ele tem a opção de iniciar um processo de resolução de disputas. Esse processo pode ser especialmente útil em casos de fraude, em que o mutuário pode não ter conhecimento das transações fraudulentas que afetam sua pontuação de crédito.

Aqueles que receberem um aviso de ação adversa terão um período de 60 dias para solicitar uma cópia de seu relatório de crédito. Este relatório é fornecido gratuitamente, para melhor permitir ao mutuário compreender e corrigir os problemas identificados no aviso. A fim de proteger contra a discriminação, o relatório também incluirá linguagem da Lei de Oportunidades Iguais de Crédito (ECOA) afirmando que fatores como raça, religião, nacionalidade ou orientação sexual do mutuário não foram levados em consideração para fins de avaliação do empréstimo inscrição.

A pontuação de crédito dos mutuários pode ser citada como uma das razões pelas quais seu pedido de empréstimo foi negado. Em tais circunstâncias, o credor é obrigado a fornecer até dois exemplos de questões específicas no relatório de crédito do mutuário que contribuíram para a decisão de rejeitar seu pedido.

Exemplo de uma ação adversa

Peter recentemente solicitou um empréstimo na XYZ Financial. Nas semanas seguintes, ele recebeu um aviso de ação adversa pelo correio informando que seu pedido de empréstimo foi negado.

No aviso de ação adversa, XYZ afirmou que a rejeição foi baseada em vários eventos negativos extraídos de seu relatório de crédito. Especificamente, o relatório listou dois exemplos de problemas recentes que afetam a pontuação de crédito de Peters.

O primeiro desses problemas consistiu em um pagamento com cartão de crédito perdido que ocorreu há várias semanas. A segunda questão, no entanto, parecia muito mais séria. Aparentemente, alguém usou as informações pessoais de Peter para alugar um veículo caro em um estado onde Peter nem sequer reside.

Preocupado, Peter entrou em contato com a XYZ para iniciar o processo de resolução de disputas e informá-los de que ele parece ser vítima de roubo de identidade devido ao aluguel não autorizado do veículo. Ele também entrou em contato com a agência de relatórios de crédito para solicitar uma cópia gratuita de seu relatório de crédito, a fim de verificar se outras transações suspeitas podem ter ocorrido.

Deixe o seu comentário
Nome
E-mail
Comente